As descidas da semana passada podiam ter vindo para ficar, mas não aconteceu. Se precisa vá já abastecer o seu automóvel por que os combustíveis vão ficar mais caros. Na madrugada de segunda-feira, o litro de gasóleo deve subir um cêntimo. No caso da gasolina o aumento deve ser de dois cêntimos.

As sanções dos EUA ao Irão reduziram ainda mais as exportações de petróleo do membro Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) em maio, aumentando as restrições de fornecimento resultantes de um pacto liderado pela OPEP. Enquanto isso, as crescentes tensões no Oriente Médio, esta semana, levantaram preocupações sobre a interrupção adicional do fornecimento, diz a agência Bloomberg.

Consequência? O Brent bruto que serve de referência às importações portuguesas já está a cotar acima dos 73 dólares por barril esta sexta-feira. A referência global subiu quase 3% esta semana, tendo terminado na semana passada estável e caído na semana anterior.

O mercado também aguarda uma decisão da OPEP e de outros produtores sobre se devem continuar os cortes de oferta que impulsionaram os preços mais de 30% já neste ano. Uma reunião de um comité ministerial liderado pela OPEP na Arábia Saudita, este fim-de-semana, avaliará o compromisso dos Estados membros com o acordo de redução da produção de petróleo e poderá fazer uma recomendação sobre se deve estender ou ajustar o pacto, com as devidas consequências sobre o preço do petróleo.

Acresce o problema do pipeline de Druzhba que deixou a Rússia com 19 milhões de barris de petróleo contaminados, que ninguém quer comprar, segundo a Reuters. O que também coloca pressão do lado da oferta.

Não podemos esquecer que o valor da matéria-prima é uma das rubricas que mais pesa na constituição do preço de referência dos combustíveis em Portugal – aquele em que se baseiam os comerciantes para fazerem o preço de venda ao público. A outra grande rubrica, mais de metade, é impostos, nos quais o Governo não vai, para já mexer.

A confirmarem-se estas descidas, a gasolina simples 95 volta à trajetória de alta que mantinha desde o início do ano - há 18 semanas. No início desta semana o Preço Médio de Venda ao Público (PVP) no continente era de 1,563 euros.

Já o gasóleo simples, tinha no dia 13 de maio um PVP de 1,392 euros por litro.