A Deco recebeu nos primeiros quatro meses deste ano 12 mil reclamações de consumidores sobre o setor das comunicações, que há 12 anos é o mais reclamado em Portugal, e cujo dia mundial se assinala hoje.

No ano passado, os diversos canais de atendimento da associação de defesa do consumidor Deco receberam cerca de 35.000 contactos, entre pedidos de informação e reclamações, sobre o setor das telecomunicações e de 1 de janeiro a 30 abril deste ano receberam já perto de 12.000 contactos devido a problemas com o operador de telecomunicações.

Os números dos primeiros quatro meses deste ano, diz a Deco em comunicado, "prometem" afirmar novamente o posicionamento do setor no ‘ranking’ das reclamações em 2019.

Os principais motivos das queixas dos operadores de telecomunicações estão relacionados com a fidelização dos serviços oferecidos e custos associados, com a falta de transparência das alterações contratuais e com a qualidade dos serviços.

Para assinalar o dia mundial das telecomunicações e da sociedade de informação, que hoje se comemora, a associação disponibiliza na sua página de internet "dicas" para escolher um bom tarifário nas telecomunicações e enumera os principais cuidados a ter quando se contrata um serviço.

O futuro passa obrigatoriamente pelo digital e os consumidores querem acessos e soluções cada vez mais rápidas e eficazes. Por isso, novas funcionalidades foram implementadas no portal reclamar, um novo sistema, mais fácil e rápido, permitindo apresentar reclamações de forma simples e intuitiva", adianta a associação.