O Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos do Norte entregou um pré-aviso de greve que prevê uma paralisação entre 12 e 20 de agosto.

O protesto coincide com a greve que foi convocada pelos motoristas de matérias perigosas.

Os trabalhadores querem a revisão de algumas clásulas do contrato assinado em agosto do ano passado.

O sindicato quer, por exemplo, que os feriados e domingos não sejam incluídos nos dias de descanso atribuidos quando vão para o estrangeiro e reclama ainda os 10% do salário descontados quando os motoristas são declarados culpados em acidentes.

O sindicato não vai cumprir serviços mínimos, ainda que garanta que vão ser prestadas as necessidades sociais indispensáveis.

/ SS