O Estado vai dar uma garantia de quatro mil milhões de euros ao fundo norte-americano Lone Star pela compra do Novo Banco. A notícia é avançada pelo jornal online ECO.

O negócio está feito e deverá ser anunciado esta sexta-feira. Esta tarde, o governador do Banco de Portugal fará uma declaração sobre o assunto.

A publicação escreve que o Lone Star vai injetar mil milhões e comprar 75% do Novo Banco por um valor simbólico.

O Estado vai ficar com 25% do capital e, em simultâneo, vai beneficiar de uma garantia pública, através do Fundo de Resolução, de quase quatro mil milhões para cobrir riscos de crédito.

Ou seja, a garantia é sobre os ativos considerados problemáticos e que estão integrados no chamado “side bank”, apurou o ECO junto de fontes que estão envolvidas nas negociações.

Por causa desta garantia, escreve ainda o ECO, o Estado vai ter uma palavra na gestão e venda do “side bank”, precisamente para garantir que o Lone Star seja impedido de vender os ativos problemáticos sem controlo de quem presta a garantia.

   
/ AR - notícia atualizada às 12:00