O Instituto Nacional de Estatística (INE) confirmou que a queda do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre foi de 16,3% em termos homólogos e de 13,9% em cadeia, de acordo com as Contas Nacionais Trimestrais divulgadas esta segunda-feira.

"No 2.º trimestre de 2020, o Produto Interno Bruto (PIB) registou uma taxa de variação homóloga de -16,3% em volume, após a redução de 2,3% no trimestre anterior. A forte contração da atividade económica refletiu o impacto da pandemia covid-19 que se fez sentir de forma mais intensa nos primeiros dois meses do segundo trimestre", pode ler-se nas Contas Nacionais Trimestrais hoje divulgadas.

Já face ao primeiro trimestre do ano, a diminuição de 13,9% é explicada "principalmente pelo contributo negativo (-10,7 pontos percentuais) da procura interna, verificando-se igualmente um maior contributo negativo da procura externa líquida (-3,1 pontos percentuais)".

Os números conhecidos seguem-se às duas anteriores estimativas divulgadas pelo INE. A primeira, no dia 31 de julho, apontava para uma queda de 16,5% em termos homólogos e 14,1% em cadeia, e a segunda, de 14 de agosto, duas décimas abaixo, é igual à divulgada hoje.

/ AM