A Airbnb é uma das plataformas de alojamento local mais populares no país, com milhares de casas registadas. Fatura milhões de euros, mas os cofres do Estado não veem a cor do dinheiro.

A empresa tem sede na Irlanda, onde paga apenas 12,5% de Imposto Sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas (IRC). É para lá que vai o produto obtido em Portugal, que não é pouco.

De acordo com o Jornal de Notícias (JN), só no ano passado, quase 3,5 milhões de turistas ficaram alojados em casas da plataforma, o que equivale a uma receita na ordem dos 2 mil milhões de euros.

A Airbnb tem uma segunda empresa, com sede em Barcelona. Presta serviços de marketing e publicidade e faturou mais de 5,5 milhões de euros em 2018.

Olhos postos agora na nova Comissão Europeia, para ver se consegue um acordo sobre a tributação internacional das empresas, para o próximo ano.