"A austeridade, nos termos em que ela tinha vindo a desenvolver-se, já hoje não faz sentido", afirmou o líder do Montepio Geral Associação Mutualista (MGAM), à agência Lusa, à margem do lançamento de um livro em Lisboa.








"Não tenho dúvidas de que o professor Mário Centeno oferece garantias de boa gestão na área das Finanças. É um homem com conhecimentos e com uma experiência a toda a prova", lançou, reforçando que tem "uma grande convicção de que ele vai fazer um grande trabalho à frente das Finanças".