A presidente do CDS-PP defendeu hoje uma redução no IRS, por abarcar mais portugueses, em vez dos anunciados aumentos de pensões e dos salários dos funcionários públicos no Orçamento do Estado para 2019.

“Se há alguma margem para melhorar os rendimentos das pessoas, então deve-se melhorar o rendimento de todas as pessoas”, defendeu Assunção Cristas, em declarações aos jornalistas nas Caldas da Rainha.

“Se formos a uma medida mais transversal de baixar o IRS, conseguimos abarcar os contribuintes pensionistas, os funcionários públicos e seria um caminho de muito maior justiça”, explicou.