A TVI alcançou, em setembro, o melhor resultado dos últimos 16 meses e está, agora, a 3.1 pp da liderança. De acordo com o comunicado da estação, se compararmos apenas a partir do dia 13, altura em que arrancou a nova oferta de conteúdos, essa marca passa para os 2 pp.

De acordo com os dados da CAEM/GfK, a TVI alcança 16.7% de share no all day, o que representa uma subida consistente pelo sexto mês consecutivo. Já no prime time, os 20.2% conquistados correspondem ao melhor valor desde maio de 2019.

No principal target comercial, ABCD 15/54, a TVI regista um crescimento de quase 60% face ao período homólogo do ano passado.

Na Informação, "os resultados alcançados deram um importante contributo para o desfecho do mês de setembro. A Informação TVI cresceu tanto no Jornal da Uma como no Jornal das 8 (neste caso específico a subida foi de mais de 12%) e os dois espaços informativos reforçaram as suas posições face à concorrência nos respetivos horários de exibição".

Quanto à Programação, o “Dia de Cristina” permitiu à TVI crescer mais de 40% nos respetivos horários. Mas não foi o único programa a estrear-se no último mês com bons resultados: “Conta-me” alcançou, em média, mais de meio milhão de espectadores e o “VivaVida” liderou na estreia.

O mês de setembro marca o regresso à liderança das manhãs com o “Você na TV”.

No prime time, “Amar Demais”, a mais recente ficção da TVI, tem vindo a conquistar espectadores, registando uma audiência média superior a 1 milhão de indivíduos. Também a novela “Quer o Destino” se revelou determinante para os resultados globais, já que reforçou o segundo horário de exibição.

Recorde-se que, a 13 de setembro arrancou o “Big Brother - A Revolução”, apresentado por Teresa Guilherme.  Esta edição do reality show cativou, em média, 1 milhão de espectadores e conseguiu um share de 25,5%, assumindo o lugar de programa favorito dos portugueses nos serões de domingo.

Redação