A TVI está cada vez mais perto da liderança e, em outubro, encurtou a diferença para o canal líder. De acordo com os dados da CAEM/GfK, a TVI alcançou 16,5% de share no all day, o que representa um valor sólido pelo sétimo mês consecutivo.

Já no prime time, conseguiu 19,4% de share, o que representa também uma aproximação ao canal que ocupa a primeira posição.

No principal target comercial ABCD 15/54, a TVI regista um crescimento de quase 40% face ao período homólogo do ano passado.

A informação, o desporto, o entretenimento e a ficção transmitidos na antena da TVI deram um contributo importante para a continuação do crescimento das nossas audiências.

Os resultados alcançados pela Informação TVI deram um importante contributo para o desfecho do mês de outubro, tanto no Jornal da Uma como no Jornal das 8 que, este mês, contou com duas importantes entrevistas: a do primeiro-ministro António Costa e a do presidente do FC Porto, Pinto da Costa.

No digital a ferramenta QR Code, associada à Informação da TVI, permitiu só no último dia do mês, mais de 250.000 visualizações das medidas anunciadas pelo primeiro-ministro.

A TVI transmitiu dois jogos da Liga dos Campeões, com o FC Porto, que alcançaram 1 milhão e 706 mil espectadores e uma quota de 33,2%, valor que sobe para os 40,1% no target masculino.

A nível de entretenimento, o mês de outubro reafirmou os bons resultados das manhãs com o “Você na TV”, com as novelas no prime time e com o Big Brother Revolução.

Redação