O mercado automóvel caiu quase 17% em julho, face a igual mês do ano anterior, com 18.101 veículos registados, segundo os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP) hoje divulgados.

Em julho de 2020 foram matriculados, pelos representantes legais de marca a operar em Portugal, 18.101 veículos automóveis, ou seja, menos 16,9% do que em igual mês do ano anterior”, indicou, em comunicado, a ACAP.

Nos primeiros sete meses do ano, por seu turno, foram colocados em circulação 96.102 novos veículos, uma decida de 44,3% face ao período homólogo.

Por categoria, em julho, foram matriculados 15.209 automóveis ligeiros de passageiros novos, menos 17,5% do que no mesmo mês de 2019, enquanto no acumulado dos sete meses, as matrículas destes veículos totalizaram 80.057 unidades, traduzindo uma descida de 45,6% face a igual período do ano anterior.

No mês em causa, o mercado de ligeiros de mercadorias cedeu 19,4%, em comparação com julho de 2019, para 2.529 unidades e de janeiro a julho foram matriculadas 14.151 unidades, uma queda homóloga de 36,1%.

No sentido inverso, o mercado de veículos pesados, que engloba os de passageiros e mercadorias, avançou 67,3% em julho com 363 veículos comercializados, enquanto de janeiro a julho as matrículas fixaram-se em 1.894, um retrocesso homólogo de 42,5%.

/ Publicado por MM