O Abanca acordou a compra do EuroBic, anunciada em comunicado que condiciona a operação a uma due dilligence - o processo de investigação de uma pessoa ou uma empresa antes de assinar um contrato ou acordo financeiro. É utilizada com muita frequência durante uma fusão, aquisição ou OPA (Oferta Pública de Aquisição) sobre uma empresa, tal como à aprovação das entidades regulatórias responsáveis.

A quinta aquisição do Abanca desde 2014 e a segunda em Portugal, prevê a compra de 95% das ações do EuroBic. "O Banco de Portugal foi informado em detalhe dos termos da operação", diz o comunicado. 

De acordo com os dados relativos a dezembro de 2019, o EuroBic gere um volume de negócio de 11.700 milhões de euros, uma carteira de crédito (com wright offs) de 5.199 milhões de euros, e depósitos de 6.148 milhões de euros. O crédito vencido é de 151 milhões de euros, com uma taxa de crédito vencido que se situa nos 2,9%, e ativos não produtivos que totalizam os 334 milhões de euros com uma taxa de ativos não produtivos de 6,4%. No mesmo período, o número de colaboradores do EuroBic é de 1.482, contando com 266.670 clientes servidos por 184 agências.

O Abanca é a sétima entidade espanhola por fundos próprios e a entidade financeira líder no noroeste da Península Ibérica. Conta com cerca de 800 agências espalhadas por 12 países da Europa e continente americano e uma equipa formada por mais de 6.000 profissionais. No fecho de 2019, o resultado liquido do Abanca foi de 405 milhões de euros com uma rentabilidade (ROE) que alcançou os 10%.

Em Portugal, o Abanca tem, atualmente, 70 agências, com 500 colaboradores e mais de 80.000 clientes.

Veja também: CMVM lança investigação sobre EuroBic, NOS e Galp

BCE tem de autorizar compra

O Banco de Portugal disse hoje que foi informado da compra do EuroBic pelo Abanca e que a operação será analisada pelo Banco Central Europeu (BCE).

"Em conformidade com o previsto na lei e regulamentos europeus aplicáveis, esta aquisição está sujeita à autorização do Banco Central Europeu, em articulação com o Banco de Portugal, uma vez recebida e analisada a informação exigível", lê-se no breve comunicado divulgado pelo Banco de Portugal.

A instituição liderada por Carlos Costa acrescenta apenas que foi informada hoje do memorando de entendimento assinado pelos dois bancos "tendo em vista a aquisição pelo Abanca da maioria do capital do EuroBic".

 
/ ALM