«Estou a marimbar-me para o banco alemão que emprestou dinheiro a Portugal nas condições em que emprestou»





Aquilo que quis dizer é que um Governo na situação em que o nosso está deve usar todas as armas negociais para impor melhores condições e, de certa forma, aliviar os sacrifícios que têm sido impostos ao povo português

«é uma ideia de criança»