O montante dos novos créditos ao consumo diminuiu em outubro 26,8% em termos homólogos e 0,7% em cadeia, somando perto de 535 milhões de euros, divulgou esta terça-feira o BdP.

Segundo o Banco de Portugal (BdP), em número de novos créditos aos consumidores registou-se uma descida de 25,6% em outubro, em comparação com o mesmo período de 2019, e uma subida de 3,3% face a setembro, com um total de 113.832 créditos concedidos, entre pessoal, automóvel e cartões/descoberto.

Em outubro, face ao mesmo mês de 2019, o valor dos novos créditos pessoais recuou 40,17%, para 206 milhões de euros, enquanto o montante dos novos empréstimos para compra de automóvel diminuiu 14,96% para 237 milhões de euros e os novos créditos através de cartões e descoberto decresceram 14,7% para 91 milhões de euros.

Comparando outubro com o mês anterior, o novo crédito pessoal diminuiu 1,4% em valor e 0,2% em número, o novo crédito automóvel recuou 1,2% em valor e 3,6% em número e os cartões/descoberto aumentaram 2,4% e 7,2%, respetivamente.

/ CE