«Não fui daquele que entro mudo e saio calado» e, por isso mesmo e aceitar era «uma belíssima forma de», em pouco tempo «cortar» relações com Ricardo Salgado, «um homem a quem devo favores e que foi meu colega de curso»






«Afinal é amigo e não lhe dá um posto? Isto é um país em que continua o barão e o conde».




ESI: erro de 1.300 milhões «não é normal»



«Quando alguém quer enganar alguém, engana»