A Fundação AIP anunciou, esta quinta-feira, o adiamento da Bolsa de Turismo de Lisboa. A BTL 2020 estava prevista para 11 a 15 deste mês, mas foi adiada para os próximos dias 27 a 31 de maio, por “não estarem reunidas” as condições para realizar a feira nas datas originais, por causa da epidemia do novo coronavírus.

A Fundação AIP, em articulação com o Governo (Ministério da Economia) e as Associações mais relevantes no Sector do Turismo concluíram que, face a este novo enquadramento, deixaram de estar reunidas as condições para poder assegurar a realização da BTL 2020 nas datas originalmente previstas. Assim, com o objetivo de corresponder aos anseios e necessidades de promoção do sector do turismo, entendeu a Fundação AIP adiar a BTL 2020 para os próximos dias 27 a 31 de maio”, escreve a Fundação, em comunicado.

A entidade organizadora da BTL sublinha que várias entidades públicas do sector do turismo já tinham tornado público, na quarta-feira, ao final do dia, que “atentas as últimas recomendações da Direção-Geral da Saúde no que toca à organização de grandes eventos e ponderadas todas as condicionantes, não estão reunidas as condições para manter a sua participação na BTL 2020 na data prevista para a sua realização, seja através de stand próprio seja através dos diversos eventos inicialmente programados”.

Também o Turismo de Portugal e a TAP, coorganizadores do evento, tinham notificado a Fundação AIP “da sua intenção de adiar o Programa de Hosted Buyers da BTL 2020, cancelando assim a vinda de compradores internacionais ao evento”.