O Governo não avançou com a proposta de atualização do salário mínimo nacional para 2020 na reunião da Concertação Social desta quarta-feira, remetendo a apresentação da mesma para a próxima semana, revelou o presidente da CCP, Vieira Lopes.

A reunião entre o Governo e os parceiros sociais ainda decorre mas, segundo o presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), que saiu antes do final do encontro, até ao momento não foi apresentada qualquer proposta do Governo.

Esta foi uma reunião preliminar" que decorreu em "ambiente construtivo", mas o Governo "não adiantou nenhum valor", indo primeiro os parceiros definir "o critério metodológico".