O montante dos concursos de obras públicas lançados até final de fevereiro aumentou 2% em termos homólogos, para 543 milhões de euros, numa “significativa recuperação” face ao recuo de 29% de janeiro, informou hoje a AICCOPN.

Nos dois primeiros meses de 2021, o total de concursos de empreitadas de obras públicas situou-se nos 543 milhões de euros, mais 2% que o apurado em igual período do ano passado, verificando-se uma significativa recuperação face aos -29% apurados no mês de janeiro, em termos homólogos”, conclui o mais recente Barómetro das Obras Públicas da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN).

Já os contratos celebrados de empreitadas de obras públicas (incluindo concursos públicos, ajustes diretos, consultas prévias e outros contratos celebrados) e objeto de reporte no Portal Base recuaram 3% até final de fevereiro, perfazendo um montante de 370 milhões de euros.

No entanto – nota a AICCOPN - a variação homóloga temporalmente comparável, ou seja, comparando a informação disponibilizada no Portal Base até ao dia 15 de março do ano respetivo, indica um crescimento de 23,7%”.

 

Os contratos celebrados no âmbito de concursos públicos apresentam um crescimento de 3% face a 2020, totalizando 171 milhões de euros, enquanto os contratos celebrados em resultado de ajustes diretos e consultas prévias registam uma queda de 11% face ao período homólogo de 2020.

A AICCOPN destaca que os dados relativos aos meses de janeiro e fevereiro de 2021 “dizem respeito a um período marcado pela declaração de estado de emergência e devem ser analisados tendo em conta as restrições resultantes das medidas impostas no âmbito ao combate à pandemia, as quais não se verificavam em igual período de 2020”.

/ MJC