A Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL) vai disponibilizar vários pacotes de experiências a preços mais reduzidos para dinamizar o mercado interno e atrair turistas residentes em Portugal e na capital, foi esta terça-feira anunciado.

Este programa, que irá ser desenvolvido entre os meses de julho e setembro, pretende minimizar prejuízos causados no setor do turismo pela pandemia da covid-19, sobretudo pelo fecho das fronteiras, referiu, em conferência de imprensa, o presidente da ERT-RL, Vítor Costa.

Estamos a entrar numa fase em que temos de pôr a cabeça de fora e esperar que haja alguma dinâmica. E aqui será fundamental o turismo interno”, afirmou.

A estratégia da ERT-RL, em parceria com a Associação de Turismo de Lisboa, apresenta propostas desenhadas para turistas de todas as partes do país, mas também da região de Lisboa, e contempla dormidas em hotéis da capital, visitas a museus e monumentos e a realização de experiências.

No total serão seis as experiências que poderão ser adquiridas, que contemplam percursos de arte urbana em bairros de Lisboa e Loures, um jantar numa casa de fado, passeio de barco no rio Sado, visitas a adegas e passeios nos concelhos de Mafra, Sintra e Cascais.

Relativamente à experiência na casa de fados (jantar e espetáculo), por exemplo, o presidente da ERT-RL referiu que terá um preço de 25 euros, “um valor justo e acessível para os portugueses”.

Acreditamos que temos aqui propostas que são bastante atrativas e adaptadas ao turista nacional. O turismo só funciona se tivermos um mercado interno”, sublinhou Vítor Costa.

Questionado sobre as perspetivas para o futuro, o responsável da ERT-RL ressalvou que “tudo dependerá do dinamismo do mercado externo e da confiança dos turistas”.

No princípio de julho teremos uma perceção mais aproximada. Sabemos que as pessoas gostam de viajar e precisam de o fazer. Temos a certeza de que o turismo irá voltar a ter uma grande importância, mas não sabemos quando”, apontou.

A ERT-RL estima um investimento de cerca de 600 mil euros no desenvolvimento deste programa de dinamização e captação de turismo interno, que inclui a realização de várias ações de campanha em diferentes plataformas.

Portugal regista hoje 1.522 mortes relacionadas com a covid-19, mais duas do que na segunda-feira, e 37.336 infetados, mais 300, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

/ RL