O Turismo de Portugal vai atribuir o selo “Clean & Safe” a empreendimentos turísticos, empresas de animação turística e agências de viagem, um reconhecimento que exige às empresas um protocolo interno de higienização para evitar riscos de contágio, informou esta sexta-feira.

Este reconhecimento tem a validade de um ano, é gratuito e opcional, e exige a implementação nas empresas de um protocolo interno que, de acordo com as recomendações da Direção-Geral da Saúde, assegura a higienização necessária para evitar riscos de contágio e garante os procedimentos seguros para o funcionamento das atividades turísticas”, explicou o Turismo de Portugal em comunicado.

O selo “Clean & Safe” pode ser obtido ‘online’, a partir de hoje, nas plataformas digitais do Turismo de Portugal, tendo as empresas de submeter uma Declaração de Compromisso.

De futuro, serão realizadas auditorias aleatórias aos estabelecimentos que adiram à iniciativa.

Com esta medida a Autoridade Turística Nacional pretende, não apenas transmitir às empresas informação sobre as medidas mínimas necessárias de higiene e limpeza dos estabelecimentos, como promover Portugal como destino seguro do ponto de vista de cuidados com a propagação do vírus, com uma atuação coordenada por parte de todas as empresas do setor e que se alargará brevemente a outras áreas de atividade conforme inúmeras manifestações de interesse”, indica o Turismo de Portugal.

As autoridades nacionais estão a trabalhar num plano para começar a reabrir o comércio em maio, de forma gradual.

/ AG