As contas estão feitas. O Ministério da Saúde vai pagar aos hospitais privados entre 6.000 e 8.431 euros por cada doente infetado com covid-19 que precise de ventilação por um período superior a quatro dias. 

De acordo com o documento a que o Jornal de Notícias (JN) teve acesso, os internamentos com ventilador até 96 horas custam 6.036 euros, enquanto que os que ultrapassarem os quatro dias, vão custar 8.431 euros.

Os internamentos sem suporte respiratório representam uma despesa para o Estado de 2.495 euros, desde a entrada do doente na unidade hospitalar até ao dia em que tem alta, independentemente do tempo do internamento.

Quanto aos doentes não covid, estão previstos descontos de pelo menos 20% face ao custo no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Foram feitas contas, foi elaborada uma minuta de acordo, falta apenas a assinatura das administrações regionais de Saúde e dos hospitais privados e do setor social.

Cláudia Évora