Os bancos estarão a fazer pressão aos contabilistas para falsificarem declarações. A denúncia é feita pela bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), que garante que vai apresentar queixa ao Ministério Público.

Os bancos pedem aos contabilistas para darem um ‘jeitinho’, mesmo quando as empresas não apresentam uma quebra de faturação”, revelou a bastonária da OCC, Paula Franco, durante uns encontros semanais organizados pelas instituições e cujas declarações o Negócio noticiou esta sexta-feira.

Estão em causa as quebras de 40% que podem não existir faturação dos clientes - micro ou pequenas e média empresas-, mas são necessárias para que os bancos lhe "abram as portas" a linhas de crédito.

A bastonária garante que tem provas e chamou a atenção aos contabilistas, uma vez que se for apresentada uma queixa será considerado um erro grave.

Os casos são levados a conselho disciplinar, serão consideradas falsas declarações e será considerado um erro grave do ponto de vista profissional”, garante.

Paula Franco também pediu aos contabilistas que denunciem pedidos desta natureza feitos por parte dos bancos, realçando de que se trata de crime público.

A TVI pediu uma reação à Associação Portuguesa de Bancos (APB)). Numa declaração escrita, a APB refere que "desconhece as situações identificadas pela senhora Bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados, no entanto, gostaríamos de deixar claro que a atuação dos bancos se rege pelo cumprimento escrupuloso da lei."

/ (Atualizada às 13:06 com a reação da APB) JGR com ALM e PGM