A Comissão Europeia (UE) abriu uma investigação formal a suspeitas de conluio entre três construtores alemães de automóveis – BMW, Daimler e Volkswagen - no desenvolvimento de tecnologias de redução de emissões de matérias poluentes.

“A Comissão está a analisar se a BMW, Daimler e VW (Volkswagen, Audi e Porsche) concordaram em não concorrerem entre si no que respeita ao desenvolvimento e aplicação de importantes sistemas que permitem reduzir as emissões nocivas de viaturas com motores a gasolina ou a gasóleo”, segundo um comunicado do executivo comunitário.

Esta investigação – a cargo da Direção-geral da Concorrência da Comissão Europeia – surge na sequência de informações que davam conta de ter havido reuniões entre responsáveis das três construtoras nas quais se falou do desenvolvimento de tecnologias para reduzir as emissões de gases pelas viaturas.

Se a investigação concluir ter havido cartelização entre os construtores, estes correm o risco de terem que pagar multas pesadas.