terem acusado a DGCI de, indevidamente, estar a passar coimas, que ascendem já a mais de dois milhões de euros









onlineonline. Foram milhares de casos em 2007 e 2008».
Redação / IS