As taxas Euribor a três meses estão esta quinta-feira a subir, mas a descer nos prazos a seis e nove meses, mantendo-se inalteradas a um mês e a 12 meses, de acordo com o fixing diário da Federação Europeia de Bancos.

A taxa a um mês mantém-se nos 1,351 por cento, assim como a taxa a 12 meses está inalterada nos 2,089 por cento.

Já a taxa a três meses, que serve sobretudo de indexante ao financiamento às empresas, cresce 0,001 pontos para os 1,543 por cento.

As Euribor a seis meses, principal indexante do crédito à habitação em Portugal, descem 0,001 pontos para 1,748 por cento, assim como a nove meses que recuam 0,001 pontos para 1,910 por cento.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de bancos está disposto a emprestar dinheiro no mercado interbancário.
Redação / LF