Por cada litro de gasolina que adquire para abastecer o seu carro, saiba que mais de metade do que paga vai directamente para os cofres do Estado. Na verdade, o Fisco lucra 56% com o litro deste combustível.

Como? Através do ISP (Imposto sobre Produtos Petrolíferos) e do IVA. Por exemplo, um litro que custe 1,558 euros, 0,582 são para o ISP e 0,291 euros para o outro imposto. Ou seja, 87 cêntimos é o que o Estado encaixa automaticamente por cada litro de gasolina vendido.

É o que revela o boletim «O preço dos combustíveis, a verdade dos números» da Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas que pretende assim «desmistificar» as polémicas em torno dos combustíveis, dizendo, citada pelo «Correio da Manhã», que só 35% do preço médio de venda ao público traduz a cotação do Brent ¿ o petróleo negociado em Londres, que serve de referência para Portugal.

Portugal teve, de resto, a sétima gasolina 95 mais cara da União Europeia no mês de Fevereiro, segundo os dados recolhidos pela mesma associação.
Redação / VC