O impacto da crise na restauração está a levar muitos proprietários de restaurantes a pedir dinheiro emprestado para pagar os impostos, nomeadamente o IVA.

Sobreviver é já o único verbo que muitos proprietários de cafés e restaurantes conjugam desde que este imposto subiu para os 23%.

Na quinta-feira terminou o prazo para o pagamento do IVA referente ao segundo trimestre do ano, mas muitos empresários do setor tiveram, de facto, sérias dificuldades para o conseguir.

A AHRESP, associação que representa o setor, só está disponível para falar na próxima semana. Ainda não tem dados disponíveis sobre o número de empresários que não conseguiu pagar o IVA e quantos contraíram empréstimo, mas adianta já que, pelos pedidos de ajuda que recebe, o cenário é negro.
Redação / Joana Reis, TVI