“O pagamento em cash envolve custos administrativos e financeiros consideráveis”, disse o ministro das Finanças do país, Bjarne Corydon. O governante justificou que entre os custos estão o tempo e a segurança necessários para manter o dinheiro.