O chefe do governo grego, Lucas Papademos, disse esta segunda-feira em entrevista ao Financial Times, acreditar que a Grécia vai permanecer na Zona Euro e que o país já percorreu mais de metade do caminho necessário à recuperação.

Conforme disse Papademos, «estou convencido de que já percorremos mais de metade do caminho que nos levará a uma retoma económica», acrescentando que, «em menos de dois anos voltaremos a ter a taxas de crescimento positivas».

Quanto ao processo da dívida, Papademos foi peremptório: «Faremos tudo o que for necessário para garantir que esta foi a última reestruturação de dívida pública grega».

Recorde-se que a economia grega está, este ano, a viver a quinta recessão consecutiva.