O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, destacou em Bruxelas, os esforços feitos pelo Governo espanhol para a recuperação económica e a redução do «inaceitável» nível de desemprego.

«Transmiti ao Presidente Rajoy e aos seus ministros o reconhecimento da Comissão [Europeia] pelos importantes passos dados pelo Governo espanhol e pelos esforços feitos para chegar a uma recuperação sustentável da economia e a uma redução do inaceitável nível de desemprego», afirmou José Manuel Durão Barroso, em conferência de imprensa, depois de se ter reunido com o chefe do Governo espanhol, na capital belga.

Durão Barroso disse, citado pela Lusa que o executivo comunitário está «plenamente consciente das graves consequências da crise na sociedade espanhola», das «grandes dificuldades» que enfrentam as famílias e as empresas e, muito especialmente, da difícil situação dos jovens que procuram emprego.

O presidente da Comissão Europeia afirmou ainda que Espanha está a «melhorar muito a sua competitividade» e que as reformas que têm sido feitas, e que reconheceu serem «difíceis», estão a produzir resultados.

Neste âmbito, Durão Barroso recordou que, na semana passada, a Comissão Europeia apresentou recomendações económicas específicas para Espanha e afirmou ser muito importante que o país continue a avançar neste caminho.

O chefe do Governo espanhol, Mariano Rajoy, afirmou, por seu turno, que existe uma «grande sintonia» entre a Comissão Europeia e o Governo espanhol e salientou que continua a trabalhar na consolidação orçamental e concretização de reformas estruturais.

Em resposta aos jornalistas, Rajoy disse esperar não ter de voltar a subir os impostos até o final da atual legislatura, vincando, contudo, que Espanha assumiu um compromisso em relação à redução do défice.
Redação