O valor dos combustíveis continua a subir e, no caso da gasolina, já recuperou para os Preços de Venda ao Público (PVP) à data em que o país entrou no estado de emergência - a 20 de março - devido à pandemia Covid-19. A expetativa é que, ao contrário desta semana em que os preços se mantiveram praticamente inalterados, esta alta se reflita em PVPs mais elevados esta segunda-feira. 

Segundo dados da Entidade Nacional para o Setor Energético (ENSE), o PVP da gasolina dia 12 de junho era de 1,384 euros por litro, mais 1 cêntimos do que no dia 5 de junho, a sexta-feira anterior.

Este valor é o mais elevado do PVP da gasolina desde os 1,401 euros por litro, a 23 de março (no dia 20 de março era de 1,406 euros por litro).

Uma variação mais ligeira no caso do gasóleo, cujo PVP era sexta-feira de 1,217 euros por litro contra os 1,207 euros por litro de há uma semana.

Neste caso é preciso voltar a 21 de abril para ter exatamente este valor de PVP por litro de gasóleo.

PVPs que seguem a evolução do preço do petróleo nos mercados internacionais, depois de uma semana em que as cotações também dispararam devido aos sinais de retoma na procura e à manutenção dos cortes na produção por parte dos maiores produtores mundiais. Em Londres, o Brent  - que serve de referência às importações portuguesas - negociou em máximos de março acima dos 40 dólares. Esta segunda-feira esta em queda, mesmo assim, acima de 37 dólares o barril.

Contas feitas, segundo o Negócios, os preços podem ter subido 4 cêntimos no caso da gasolina e 2 cêntimos no gasóleo, esta segunda-feira.

   
Alda Martins / (Atualizada a 15-06-2020)