São 160 as famílias que estão a beneficiar de arrendamento com renda abaixo do valor de mercado, ao abrigo do Programa de Arrendamento Acessível (PAA), segundo anunciou hoje o Governo. Isto num universo de 9.317 candidaturas submetidas.

Segundo o Executivo, atualmente há cerca de 600 imóveis "abaixo do preço de mercado" já disponíveis na plataforma de Arrendamento Acessível que já recebeu perto de 210 mil visitas e tem cerca de 25 mil utilizadores registados.

Desde o lançamento do PAA, a 1 de julho de 2019, que se verifica “uma crescente procura por parte de proprietários e famílias por este programa que visa promover uma oferta alargada de habitação para arrendamento abaixo dos valores de mercado.”

Em média são inscritos 3,6 alojamentos por dia na Plataforma celebrados 1,2 contratos a cada 2 dias.

Do total de contratos celebrados, a maioria (43%) usufrui de um valor de um valor de renda entre os 300 e os 500 euros mensais, 36% beneficia de uma renda entre os 500 e os 800 euros, 12% paga um valor mensal inferior a 300 euros e apenas 8% suporta uma renda acima dos 800 euros.

Cerca de 3/4 destes contratos (76%) localizam-se na área metropolitana de Lisboa e 10% à área metropolitana do Porto.

/ ALM