Boas notícias para mais uns quantos portugueses. Até ao final do dia 26 de maio haviam já sido entregues à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) quase quatro milhões de declarações de IRS (3.967.811), das quais 36% correspondentes a IRS Automático. 

“Deste total, já foram liquidadas 2.254.739 declarações, das quais 1.349.341 deram lugar a reembolso e 228.650 a notas de cobrança (as restantes 676.748 têm um saldo nulo)”, disse o Ministério das Finanças.

Acrescentando que foram “processados mais de um milhão de reembolsos (1.051.606) no valor de 869 milhões de euros.”

Note-se que na sequência do ajustamento das tabelas de retenção em 2019, os reembolsos este ano serão inferiores em caso de rendimentos equivalentes. 

Como foi tornado público, este ano os reembolsos começaram a ser processados a 21 de abril, "sendo que neste momento se observa um ritmo de execução dos reembolsos similar ao de outros anos", conclui o mesmo comunicado.

/ ALM