O preço das casas está a subir mas menos. A tendência foi avançada à TVI24 pela revista Confidencial Imobiliário que já apurou o Índice de Preços Residenciais para junho. 

"Em termos mensais, manteve-se  o registo de estabilidade dos meses anterior, com os preços a subirem 0,8% em junho 2020 face ao mês anterior", disse fonte oficial.

O índice é feito para Portugal Continental e reflecte a evolução do preço real de venda dos imóveis. 

Segundo a Confidencial Imobiliário, em junho, o preço das casas em Portugal subiu 13,8% em termos homólogos (vs. junho 2019) e 2,3% em termos trimestrais (vs março 2020).

"Em ambos os casos denota uma desaceleração das subidas.  Em março, a variação homóloga tinha sido de 15,6% e a trimestral de 3,4%", concluiu.

NOTA: o Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário é apurado a partir da informação de vendas reportadas pelos mediadores imobiliários ao SIR-Sistema de Informação Residencial. Assim, reflete a evolução dos preços reais de venda de habitação. 

Esta nota justifica que possa ser diferente dos dados apurados por outras fontes, concretamente o Instituto Nacional de Estatística que a 23 de junho divulgou que o Índice de Preços da Habitação em Portugal aumentou 10,3% entre janeiro e março, face ao mesmo período do ano passado. Esta variação traduz uma aceleração na subida do preço das casas, já que no último trimestre do ano passado, o crescimento homólogo foi de 8,9%. O aumento foi mais expressivo no caso das habitações existentes (10,6%) do que nas casas novas (8,9%), disse o INE nesta data.

Alda Martins