A EDP obteve, no ano passado, lucros atribuíveis aos acionistas de 801 milhões de euros, um crescimento de 56% em termos homólogos, adiantou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Na mesma nota, o grupo referiu que, por sua vez, o resultado líquido recorrente “subiu 6%, em 2020, para 901 milhões de euros, suportado pelo crescimento da atividade de produção de energia renovável, que registou um aumento de 7% face a 2019, para os 47,3 TWh [terawatt-hora] de produção eólica, hídrica e solar”.

O EBITDA do grupo (resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu, no mesmo período, 3.950 milhões de euros, um aumento de 6% em relação a 2019.

/ MJC