Sublinhando que “as alterações climáticas, associadas a um aumento médio da temperatura global, têm conduzido a mudanças nos padrões de precipitação, aumento do nível das águas e uma maior frequência de fenómenos climáticos extremos”, o relatório do PNUD inclui um ranking dos países mais afetados por desastres naturais entre 2005 e 2012.


De acordo com o relatório, o impacto das alterações climáticas no desenvolvimento humano vai implicar “mudanças que afetarão seriamente o trabalho e as condições em que as pessoas – sobretudo os pobres – laboram”.