O novo centro tecnológico da Bosch, em Braga, que arranca hoje a visita de dois dias da chanceler alemã a Portugal. Ao todo, a Bosch emprega cerca de 4.450 pessoas em Portugal. É uma das empresas que contribuíram para que a Alemanha seja um dos maiores empregadores do país, logo a seguir ao Estado, noticia o Diário de Notícias.

Só as cinco maiores empresas alemãs dão trabalho a 20 mil trabalhadores. "Os dados oficiais revelam que as empresas alemãs são responsáveis por cerca de 35 mil empregos diretos em Portugal, mas sabemos que são mais. Calculamos que sejam aproximadamente 50 mil. A estes juntam-se os empregos indiretos, que não conseguimos quantificar, porque muitas indústrias alemãs têm fornecedores locais", explicou ao DN/Dinheiro Vivo Hans-Joachim Böhmer, diretor executivo da câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã (CCILA).

Em 2016, as 400 empresas alemãs que operam em Portugal registaram um volume de negócios próximo dos dez mil milhões de euros. Quase metade desse valor resultou de vendas para o estrangeiro.