Um total de 228 empresas em Portugal estavam em situação de lay-off em abril, um decréscimo face às 236 entidades nessa situação em março, indicam dados hoje divulgados.

De acordo com os últimos dados disponibilizados na página da Segurança Social (www.seg-social.pt), em maio de 2012, um ano antes, havia 203 empresas na referida situação, refere a Lusa.

O lay-off numa empresa refere-se à redução de horário e à suspensão de contrato de trabalho.

De acordo com os dados da Segurança Social, existiam em maio 1.165 trabalhadores com redução de horário de trabalho e 1.510 em regime de suspensão de contrato, de entre os quadros das 228 empresas em lay-off.
Redação