A Muki Solar entrou com um pedido na Direção Geral de Energia e Geologia para o licenciamento de cerca de 1.000 MW de projetos fotovoltaicos. Segundo o Diário Económico, o projeto representa um potencial de investimento de mais de mil milhões de euros.

O empresário Miguel Barreto, antigo responsável da DGEG, tem já uma participação ativa nesta área de negócio, através da Gesto Energia, que está a desenvolver várias centrais fotovoltaicas em África.

O projeto está ainda em fase de estruturação e deverá contar com a participação de parceiros internacionais.

Portugal tem atualmente pouco mais de 400 MW de capacidade instalada no fotovoltaico, sendo que tem mais do dobro da insolação dos restantes países da Europa.
Redação / DC