As milhares de pessoas de diferentes nacionalidades em Fátima, para ver o Papa, naturalmente que tinham moedas do seu país no bolso, que quiseram trocar por euros. Ao balcão da Unicâmbio daquela cidade chegaram mais de 30 moedas de diferentes países, entre 11 e 15 de maio, foi divulgado hoje.

Desde as tradicionais moedas, como o dólar norte-americano, o franco suíço, a libra esterlina e a moeda polaca, até às divisas da Argentina, Chile e da Coreia do Sul".

Numa conferência com jornalistas, em Lisboa, o administrador Paulo Jerónimo fez saber que "o número de nacionalidades aumentou com a visita do Papa a Fátima". Naqueles cinco dias, "a loja da Unicâmbio comprou mais de trinta moedas de diversas nacionalidades", cita a Lusa.

A TVI24 contactou a Unicâmbio para obter a lista completa de moedas. Cá está ela:

  1. Real Brasileiro
  2. Libra Esterlina
  3. Dólar Americano
  4. Dólar Australiano
  5. Dólar Canadiano
  6. Franco Suíço
  7. Coroa Dinamarquesa
  8. Yen Japonês
  9. Coroa Norueguesa
  10. Coroa Sueca
  11. Escudo Cabo Verde
  12. Libra Escocesa
  13. Coroa Checa
  14. Rúpia Índia
  15. Zloty Polónia
  16. Leu Roménia
  17. Kuna Croácia
  18. Pataca de Macau
  19. Peso México
  20. Baht Tailândia
  21. Shekel Israel
  22. Dólar Nova Zelândia
  23. Dólar Singapura
  24. Rupia Indonésia
  25. Ringgit Malásia
  26. Peso Filipinas
  27. Lev Bulgária
  28. Peso Colômbia
  29. Peso Argentina
  30. Peso Chile  

Segundo avançou ontem a SIBS, que gere a rede multibanco, gastou-se mais de um milhão de euros na cidade, nesse período.

O maior número de levantamentos e compras foi feito através de cartões bancários oriundos de França, Estados Unidos da América, Reino Unido, Espanha e Suíça.

Foram efetuados cerca de 16 mil levantamentos nas 19 caixas automáticas disponíveis na localidade, numa média de 130 operações por hora.

O pico máximo foi atingido no dia 12 de maio, com uma média de 280 levantamentos por caixa multibanco. Foram cerca de três vezes mais do que a média registada em abril.

Apesar destes números expressivos, e de os comerciantes de Fátima terem visto aumentar as vendas do ano passado para este ano, há quem tenha ficado com as expectativas defraudadas e esperasse vender mais.

Veja também: