A cimeira da zona euro, prevista para sexta-feira, foi cancelada, mas a decisão sobre a criação de «barreiras de protecção» ( firewalls) deverá ser tomada até ao final de março.

«Não há acordo [entre os líderes dos países que têm o euro como moeda comum] sobre a questão das firewalls», a criar contra a crise da dívida pública na Zona Euro, disse à Lusa fonte diplomática.

A questão das barreiras de proteção «será decidida antes do final de março», adiantou também, não se sabendo ainda«¿em que data ou formato», podendo ser tratada numa reunião dos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo).

Apesar do cancelamento da que seria a primeira cimeira dos 17, mantém-se agendada a eleição de um presidente da zona euro, que será Herman van Rompuy - acumulando com a liderança do Conselho Europeu.

Na quinta-feira à tarde, imediatamente antes da cimeira dos 27, o Eurogrupo vai reunir-se em Bruxelas.
Redação