A madrugada de segunda-feira traz descidas no preço dos combustíveis. A avaliar pela cotação do petróleo esta sexta-feira, e se não houver grandes alterações, o gasóleo cai 2 cêntimos por litro e a gasolina entre 1,5 e 2 cêntimos por litro. Se não precisa, não abasteça já.

No início desta semana o Preço Médio de Venda ao Público (PVP) da gasolina simples 95, no Continente, era de 1,581 euros.

Já o gasóleo simples, tinha no dia 27 de maio um PVP de 1,396 euros por litro.

O petróleo - por exemplo, o Brent que serve de referência às importações portuguesas, está a cotar nos 64,78 dólares, abaixo dos 69 dólares de há uma semana - segue rumo à maior queda mensal em seis meses, à medida que os comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, aumentam as tensões comerciais internacionais, colocando pressão do lado da procura.

Trump prometeu, esta quinta-feira, aumentar as tarifas sobre todos os bens vindos do México se a imigração ilegal não parar, o que aumenta o temor sobre o crescimento económico mundial e sobre o consumo de petróleo - menos crescimento faz cair a procura de ouro negro.

A disputa com o México contribui aumentar a guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, que muitos analistas esperam que desencadeie uma recessão. Acresce que a atividade fabril na China encolheu mais que o esperado em maio, revelam dados oficiais citados pela Bloomberg.