A instabilidade em tornos dos valores do petróleo deve resultar em preços quase idênticos em matéria de combustíveis na próxima semana. Ao que apurou a TVI24, a gasolina deve descer meio cêntimo e para quem tem um carro a gasóleo nem deve haver mexidas. 

No início desta semana o Preço Médio de Venda ao Público (PVP) da gasolina simples 95, no Continente, era de 1,524 euros, o valor mais baixo em 10 semanas.

Já o gasóleo simples, tinha no dia 03 de junho um PVP de 1,339 euros por litro, o valor mais baixo desde janeiro.

A descida é motivada, sobretudo, por causas internacionais. Esta semana os preços do crude têm andado numa roda viva. Se por um lado, o anúncio do aumentos dos stocks de petróleo nos Estados Unidos colocou pressão sobre a oferta e o valor do ouro negro desceu, por outro o bombardeamento de dois petroleiros no estreito de Ormuz fez com o preço subisse, mas hoje o Brent, que serve de referência às importações portuguesas, está em queda, a cotar nos 61,17 dólares, abaixo dos 63,02 dólares de há uma semana.

Para o consumidor português boas notícias: os preços não sobem, para já, mesmo depois da maior descida semanal, de sempre, que se verificou na semana passada.