A Entidade Nacional para o Setor Energético (ENSE) publicou uma lista com 326 postos de abastecimento, que fazem parte da Rede de Emergência criada para o caso da greve dos motoristas, agendada para dia 12 de agosto, avançar. 

Segundo o documento, existem mais 16 postos de abastecimento do que durante a greve de abril.

Lisboa vai ter o maior número de postos - 48 - e o Porto conta com 41. Já no Algarve, em época alta, vai ter apenas 22 bombas disponíveis.

Em comunicado, a ENSE instrui os fornecedores a afixarem, em local bem visível, esta lista da Rede Estratégica de Postos de Abastecimento.

Para além desta, há ainda uma outra lista de 56 bombas dedicadas a veículos prioritários como ambulâncias, bombeiros e polícia.

Por sua vez, falta que o Governo defina os serviços mínimos que os motoristas vão ser obrigados a cumprir. No pré-aviso de greve entregue pelos sindicatos, eram propostos serviços mínimos de 25% em todo o país, no entanto, a ANTRAM propunha 70%, não tendo, assim, chegado a acordo

Na greve anterior, iniciada em 15 de abril, o Governo estipulou a garantia dos serviços mínimos com 40% dos trabalhadores em funções, mas apenas para Lisboa e Porto.

Lista de Postos de Abastecimento de Emergência by TVI24 on Scribd