Termina esta segunda-feira o prazo para o pagamento da primeira prestação ou da totalidade do imposto municipal sobre imóveis.

Mais de 4 milhões de proprietários receberam este ano as notas de liquidação de IMI, das quais cerca de 900 mil eram inferiores a 100 euros e deram origem a uma prestação única.

Quanto aos valores acima de uma centena de euros, o imposto pode ser dividido em duas ou três prestações, consoante o montante seja inferior ou superior a 500 euros.

Cabe ao contribuinte decidir se quer pagar a totalidade do imposto.

Desde 2019 que os proprietários podem pagar a totalidade do valor em maio, uma vez que a nota de liquidação passou a incluir uma referência para esse fim.

Redação / RL