A taxa de desemprego em fevereiro foi de 6,9 por cento, tal como no mês anterior, mas mais 0,4 pontos percentuais do que no mesmo mês de 2020.

Segundo o INE, apesar do novo período de confinamento, a população empregada aumentou em fevereiro 0,2% em relação ao mês anterior e diminuiu 1,7% relativamente ao período homólogo.

"Em fevereiro de 2021, a população empregada, que correspondeu a 4 677,5 mil pessoas, aumentou 0,2% (9,2 mil) em relação ao mês precedente, mas diminuiu 0,6% (27,9 mil) e 1,7% (78,8 mil) em relação a três meses antes e a um ano antes, respetivamente."

Já o número de desempregados aumentou 3,8% por comparação com fevereiro de 2020.

"Em fevereiro de 2021, a população desempregada, de 344,2 mil pessoas, diminuiu 0,3% (1,0 mil) em relação ao mês anterior e 5,8% (21,1 mil) relativamente a três meses antes, tendo aumentado 3,8% (12,7 mil) por comparação com o período homólogo de 2020."

A taxa de desemprego dos jovens (21,6%) diminuiu 1,4 pontos percentuais em relação ao mês anterior.

Catarina Pereira