Miguel Frasquilho não vai ser reconduzido como presidente não-executivo da TAP, avança o jornal Eco.

O Governo decidiu renovar por completo a liderança da transportadora, chamando Manuel Beja, da Novabase, para o lugar do gestor que conduziu o processo de reestruturação.

Manuel Beja esteve na tecnológica portuguesa, onde era responsável pela organização e recursos humanos.

Junta-se, assim, à francesa Christine Ourmières-Widener, que será CEO da TAP.

Miguel Frasquilho foi um dos principais rostos do plano de reestruturação apresentado a Bruxelas.

Redação