tinha sido feito à redação pelo próprio, a 11 de março



aprovou a 1 de abril a exoneração e a nomeação da maioria dos diretores da RTP