As bolsas europeias têm andado instáveis desde o início da sessão, tendo permanecido divididas. Os investidores reagem à contração de 3,5% na economia japonesa, durante o terceiro trimestre de 2012, e estão atentos à Grécia, depois de o Parlamento grego ter aprovado ontem o orçamento para 2013. Esta segunda-feira, o país será o tema central da reunião dos ministros das Finanças da Zona Euro.

Milão lidera os ganhos, a subir 0,41%, seguida por Londres, Frankfurt e Paris.

No vermelho, Madrid cai 0,62% e em Lisboa, o PSI20 recua 0,05% para 5.304,62 pontos.

Dos pesos pesados, só EDP e PT seguem no verde, e com ganhos ligeiros: a elétrica avança 0,20% para 1,98 euros e a operadora de comunicações sobe 0,29% para 3,80 euros.

No vermelho seguem a Galp (a cair 0,17% para 12,08 euros), a Jerónimo Martins, que recua 0,44% para 13,75 euros, e a banca, onde o BCP lidera, a ceder 1,39% para 0,07 euros.

O BES perde 0,38% para 0,79 euros, e o BPI cai 0,36% para 0,83 euros.
Paula Martins