A mulher e os filhos do presidente do grupo José de Mello, Vasco de Mello, venderam as ações da Brisa que detinha, deixando de ter qualquer posição no capital da concessionária, segundo um comunicado divulgado esta segunda-feira.

«A Brisa Auto Estradas de Portugal vem tornar público que, no âmbito da oferta pública de aquisição lançada pela Tagus sobre a Brisa, foram alienadas pelo cônjuge e filhos de Vasco Maria Guimarães José de Mello 5.622 ações» da empresa, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Na sequência desta alienação, estes familiares deixaram de ter qualquer posição no capital social da Brisa.

A Oferta Publica de Aquisição (OPA) da Tagus sobre a Brisa, por 2,76 euros por ação, permitiu aos oferentes adquirir 84,8 por cento do capital social.

A Tagus adquiriu 197,394 milhões de ações, correspondentes a 32,9 por cento do capital na OPA e comprou no mercado 14,264 milhões de títulos 2,37 por cento.

A Tagus Holdings é uma sociedade domiciliada no Luxemburgo e detida a 55 por cento pela José de Mello Investimentos e a 45 por cento pela Arcus European Infrastructure Fund (AEIF Apollo).
Redação